Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2011

História de Índio

Imagem
No buraco da chuva
Tem garça grande
E menino índio que no céu ande
Se pondo a perturbar.

O menino danado,
Sabendo que garça tampa buraco,
Jogou grande pescado
P'rá garça traçar.

Ela pescou peixe dourado,
Depois d'um pé só ficou...
Assim se acostumou,
Aí a chuva se criou.

TURBANTE AOS OLHOS

Imagem
Espero que Tempo ajude, Faço pedido a Oxalá Pois é tão bonita a moça Para que veja sem olhar...
A moça que abaixo os olhos, Iaiá desse lindo ojá.
Trago do tempo da roça A forma de se encantar, Torço seu torço no verso Sem saber o que falar...
Desvio, olho, se não olha, Ojá dessa linda iaiá.

PARA MOÇA E A VIDA BAMBA

Imagem
A vida, essa corda bamba, E esse equilíbrio da moça Superando a força bruta, A gravidade dos fatos...
A vida, esse belo samba, E esse equilíbrio de acordes Supera todo silêncio Da gravidade dos fatos...
Lembro da moça nas lutas E quem luta, luta sempre; Desequilíbrio dos fatos Para o equilíbrio da vida.
A vida que acorda em samba, A vida que acorda a bamba Na gravidade dos fatos Que seu sorriso supera.