Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Cantiga de Primavera

Primavera não tenho mais certeza,

Semeando eu serei semeador...

Primavera a semente desse meu amor

Plantada nesse tempo de incerteza,

Quando em estio a minha natureza

D’água só tinha lágrima de dor.



Primavera não tenho mais certeza...

Será a Terra redonda, noite escura,

Tempo que faz da lágrima secura,

Do espaço um infinito de beleza...

Primavera só tenho uma tristeza

Sem saber se de tristeza se cura.



Primavera não tenho mais certeza

Se inda lhe toca tão antigo canto,

Quando tudo parece muito e tanto,

Num mundo que nem pena tem leveza

Nem luzes sabem quando e quanto acesa

Nem corações sabem desse quebranto.



Primavera não tenho mais certeza,

Se no inverno no outono no verão,

Se será na cantiga ou na canção

Que erguerei solitário fortaleza,

Primavera lhe digo com franqueza,

As incertezas só caminharão.