Do que ensina o mar



Foto: Luna Oliveira



Foi calçada de si mesma
Que andou por areias fofas
Pisando todos os sóis,
Esmerou-se à maresia
E nadou nos seus lençóis.

Foi assim, calçada de si,
Pro mar com suas marés
E descaminho de areia,
Fez os pés após descalços
Ondas levarem na beira.

A si mesma ela calçou
Como sandália no mar,
Largou-se em ondas e chão,
Sem sequer saber da vida
No vaivém do coração. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Consciência Negra em Cordel na Escola

A Literatura de Cordel e a Influência Africana

Acho que me meto noutro soneto