Translação

http://www.infoescola.com/astronomia/via-lactea/

Sempre esqueço
as voltas em torno do Sol de quem conheço.
As minhas não comemoro há tempos
nem me preocupo com o sol,
tampouco com a lua
que circunda nossas vidas.

Preocupo-me com os passos
dos meus camaradas, amigos
e das serafinas terrenas que me perturbam o sono.

Sempre desço
                           mais escadas 
                                                    que devia...

Todo dia,
A alvorada se torna crepúsculo
e a data dos meus anos,
mais uma volta
                             reviravoltas
em torno do eixo solar.




Comentários

Marta Torres disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Marta Torres disse…
"serafinas terrenas", lindo!
Quanto a descer, discordo...

___________tu voltas um sol
________te volta ao sol
______te leva ao céu
____tua poesia
__tua palavra
Tuas escadas

Postagens mais visitadas deste blog

A Consciência Negra em Cordel na Escola

A Literatura de Cordel e a Influência Africana

Destrinchando a História da Donzela Teodora* - Um Clássico da Literatura de Cordel