Desviando o Caminho




A bailarina

Tem quatro mãos

Que tocam vãos

Da nossa sina

Que se destina

Saber planar

Saber tocar

Todos espaços

Em tais compassos

Se equilibrar.




Sabe planar

A equilibrar

A bailarina

Na nossa sina

Em tais compassos

Todos espaços

Que tocam vãos

Com quatro mãos

E mão destina

Saber tocar.



Tem quatro mãos

A bailarina

E mão destina

Equilibrar

Saber planar

Na nossa sina

Em tais compassos

Saber tocar

Todos espaços

Dos toques vãos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Consciência Negra em Cordel na Escola

A Literatura de Cordel e a Influência Africana

Acho que me meto noutro soneto